Matemática – Jogo dos Selos

Na área de matemática da sala Montessori, a prática com materiais concretos fica evidente. A criança aprende os números, tocando, sentindo o quanto sua quantidade representa, aprende a construir grandes números e quando é introduzida as operações matemáticas de adição, multiplicação, subtração e divisão este processo continua. Começa no Jogo do Banco, que além de trabalhar os sentidos, trabalha movimento que envolve a coordenação motora grossa e refinada. Em seguida, são apresentadas ao Jogo dos Selos, onde precisam ter o conhecimento da adição adquirido no Jogo do Banco. O Jogo dos Selos é composto por uma caixa com seis divisórias: quatro divisões possuem várias fichas nas cores verde, azul e vermelho escritas 1, 10, 100 e 1000. Nas outras duas possuem fichas arredondadas nas mesmas cores e pinos nestas cores. Tem como principal objetivo que a criança reafirme o conhecimento adquirido no Jogo do Banco, de que somar é agrupar quantidades desiguais em um grande conjunto e aprenda a representar o trabalho realizado no papel quadriculado. Na primeira apresentação do material poderá ser utilizada uma bandeja com os números que foram utilizados para o 45 layout e Jogo do Banco, pareando-os aos números dos Selos e mostrando que são o mesmo símbolo em tamanhos diferentes. Primeiramente pede-se para a criança montar alguns números com os selos para que ela se familiarize com o material. Quando a criança já reconhecer cada uma das peças que compõe o Jogo passa a realizar o processo das operações matemáticas começando pela adição. A educadora escreve um número utilizando as devidas cores no papel quadriculado e utiliza os selos para representar o mesmo número,...

Vida Prática – Transpor com a Colher

Na área de Vida Prática, a partir do momento em que a criança consegue coordenar os movimentos das suas mãos com maior habilidade, passa a realizar atividades que do ponto de vista de um adulto parecem simples. A ideia é exatamente esta: atividade tão simples que a criança sinta uma atração irresistível pois lembra objetos da sua casa que geralmente só os adultos podem utilizar e que estão na estante da sala Montessori disponíveis para serem realizadas pelas crianças. Uma destas atividades é de Transpor com Colher. É uma atividade que podemos oferecer em casa aos nossos filhos pois consiste em uma bandeja, duas vasilhas, uma colher e algo para ser transposto. Tem como objetivo desenvolver a independência, ordem, concentração e coordenação para que a criança se torne cada vez mais apta em os movimentos necessários e assim garantir a sua independência. O controle de erro é quando o objeto a ser transposto cai fora da tigela. Inicialmente a atividade é realizada com uma colher grande e objetos grandes, como a que o Gustavo está fazendo, que com o aumento das habilidades diminuem, chegando a virar grãos. Um outro desafio é uma colher num formato diferente, uma colher de sorvete, por exemplo, igual à da Clara. Para ficar ainda mais trabalhoso, pode-se transpor líquidos com uma colher ou concha que exigirá uma movimentação diferente das mãos da criança. As fotos mostram que apesar de ser um trabalho simples, exige grande habilidade para a faixa etária em questão e diante da dificuldade de conseguir realizar a atividade da maneira proposta, a criança encontra novos métodos para atingir seu...

Linguagem – Letras de Lixa

As letras de lixa são 26 placas lisas, sendo 5 vermelhas e 21 azuis. As placas vermelhas tem as 5 vogais recortadas (vazadas) em lixa coladas no canto direito. As placas azuis são das consoantes. Tem como objetivo evidenciar o som fonético emitido em cada letra do alfabeto para que a criança possa pesquisar palavras que possuam determinado som e assim preparar a escrita. O educador apresenta os movimentos necessários para escrever a letra passando os dedos, indicador e médio, unidos como se estivesse escrevendo a letra com estes dedos. Quando finaliza o processo com os dedos emite o som fonético da letra apresentada. Em seguida entrega para a criança realizar o mesmo trabalho. Como o Bruno está fazendo com a letra “a” e o Igor com a letra “i”. Apresenta-se duas letras ao mesmo tempo realizando a lição de 3 tempos que é utilizada quando um novo vocabulário é introduzido. As primeiras letras a serem introduzidas para uma criança são as que estão relacionadas à sua vida. Por exemplo, as letras do seu nome, do nome dos seus familiares e amigos. Depois, o educador apresenta as letras que são encontradas com maior frequência no cotidiano e também as vogais. Quando a criança já é capaz de reconhecer os sons apresentados nas palavras que encontra em diferentes atividades no ambiente, busca objetos que possuem o som emitido por estas letras. Como o Vinicius está fazendo com as frutas. Um próximo passo é reproduzir a letra de lixa aprendida numa bandeja com areia, como o João Gabriel com a letra “m”. Na bandeja de areia, assim que termina de escrever,...

Matemática – Jogo da Serpente

O Jogo da Serpente é um material que tem como objetivo embasar o conhecimento adquirido do significado de uma dezena. Nesta atividade a criança descobre todas as possíveis maneiras de se construir uma dezena com os números de 1 a 9. É constituído de 3 caixas e cada uma contém: Dois conjuntos das unidades de 1 a 9; Dez barras de dezenas douradas; Unidades de 1 a 5 na cor preta e do 6 ao 9 que ficam brancas a partir da sexta conta de unidade. Na primeira apresentação, a criança inicialmente constrói dois triângulos com as unidades. Isto é feito para que a troca seja exata, sem ter que recorrer às unidade pretas e brancas. Depois constrói uma serpente usando a primeira unidade de um dos triângulos e a última do outro. Ex.: 1+9; 2+8; 3+7 e assim por diante. Para finalizar, conta cada unidade até chegar no dez e troca as contas coloridas por uma barra da de dezena dourada até que a serpente deixe de ser colorida e fique inteira dourada. Quando a criança já estiver com este processo internalizado, é apresentada à caixa que contém as unidades pretas e brancas que servem como apoio para segurar a contagem após a troca para a dezena colorida. Nesta fase a criança constrói a serpente com as contas que desejar e por isso pode precisar da unidade preta e branca. Ex.: 3+9=12 – ela troca pela dezena dourada e as duas unidades que sobraram na contagem da serpente colorida coloca a conta que representa o 2 preta. Na próxima contagem inicia da conta preta e continua com as...

Matemática – Layout dos 9 – Composição dos Números

Depois de ter aprendido as cadeias e ser apresentado ao material dourado, a criança está pronta para um novo desafio: aprender a compor os números. Para realizar este trabalho são necessários 9 unidades, 9 dezenas, 9 centenas e 9 milhares, estes mesmos números representados simbolicamente e bandejas para carregá-los que tenha em seu fundo as cores que representam a posição destes números (verde para unidade e unidade de milhar, azul para dezenas e vermelho para as centenas). Tem como objetivo trabalhar o conhecimento do sistema decimal. Na primeira apresentação usa-se somente o material concreto. Em outro momento, faz-se somente o material simbólico. Quando a criança conseguir realizar cada uma das atividades, une-se as duas apresentações. O material poderá ser disposto em tapetes diferentes (material concreto e material simbólico), ou um ao lado do outro, sendo que as unidades ficarão organizadas à direita do tapete, seguido pelas dezenas, centenas e milhares que ficam à esquerda. Depois de ter organizado o espaço, deverá trazer em sua bandeja a quantidade que é pedida pela educadora. Ex.: “- Você pode me trazer 3 unidades?; – Você pode me trazer 2 dezenas?; – Você pode me trazer 4 centenas?; – Você pode me trazer 1 cubo de mil?” A criança trás para o tapete as quantidades requisitadas, iniciando pelas unidades, da direita para a esquerda (como o número será formado na escrita). Iniciando pelas unidades, o educador coloca a quantidade de unidades na bandeja da criança pedindo a ela que procure um número que corresponda àquela quantidade. Coloca verticalmente as unidades sobre o tapete e abaixo delas o número correspondente. O mesmo procedimento será...